Sou Assim

Sou Assim
Geralmente, sou assim. Delicada e cuidadosa. Olho onde piso, morro de medo de magoar alguém...

De repente,

De repente,
fico assim. Tanta sutileza me comove.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

MEU DOUTOR PREFERIDO


Modéstia à parte, não é todo mundo que tem um amigo pós-doutor pela Sorbonne. Em Semiótica. Convenhamos, é o máximo. Não dá para discordar.


Para completar, o doutor, além de simpático, é lindão.


O dr. Felipe Pena lançará o seu segundo romance, "O marido perfeito mora ao lado" (Editora Record) no dia 18 de março, na Livraria da Travessa, Leblon.


Mas quem já quiser ir comprando o livro, basta acessar o site da Saraiva:




Quem comprar, não se arrependerá. O livro é ótimo.


Palavra de escritora...

2 comentários:

tati disse...

oi,espero que você leia.eu sou uma quase fã de um de seus livros e se não sou por completo é porque tive que ir embora da livraria do shopping deixando-o pela metade,mas do pouco que li gostei tanto que tenho certeza que o adoraria por inteiro.o livro é a tecelã de sonhos,alias um ótimo nome.
eu sou uma jovem aspirante a escritora como você já foi um dia,gostaria de algum conselho de alguém que pertence ao mundo ao qual eu quero fazer parte.
de sua quase fã.

silvia disse...

Se o livro do Penna for como esse artigo, já gostei! Angela, quero te agradecer novamente pela sua palestra de ontem no Midrash! Todos que convidei e foram,gostaram muito da sua "prosa" eu fiquei fascinada com seu conhecimento do assunto.Estou lendo seu livro, que é também muito agradável e divertido. Parabéns e espero que a noite de ontem lhe renda frutos (com renda literalmente!)Abraço,
Silvia Goldstein
Diretora Wizo (Women Intl. Zionist Organization)

O incrível geneticista chinês (Editora Record)

Um cientista chinês, o biólogo Yuan Wang, descobre que, manipulando cromossomos, pode modificar os genes responsáveis pela obesidade e pela chatice humana.

Estará o mundo preparado para tão grande transformação?

Só dr. Wang pode responder.

LEIA "O incrível geneticista chinês".

Quem quiser saber detalhes, consulte o site:

http/:sobrecapaliteral.com.br/lancamentos

































































































































A Tecelã de sonhos

A Tecelã de sonhos
Editora Record. É o meu preferido. Mas não por ser o caçula. Acho que acertei a mão criando a Berenice séria, doida, liberdade. Além de representar uma época (os anos 1960/1970), Berenice simboliza todos nós. Quem, um dia, não se viu dividido, sem entender direito quem era?

Todos os dias da semana

Todos os dias da semana
Editora Bertrand. Um conto para cada dia da semana. Meus preferidos são: Segunda-feira e os doces de dona Adália da Conceição. Quarta e o ciúme doentio de um comandante da aviação civil. Não é que o homem surta, imaginando a esposa nos braços do amante, justo na hora de pousar um grande jato, repleto de passageiros, no aeroporto de Buenos Aires? Também, a Torre de Controle não ajudou. Portenho sempre dá um jeito de implicar com brasileiro. Também gosto de Sexta-feira e as venturas e desventuras de Gertrudes Cascatinha. Tantas ela apronta, que acaba tendo um filho com Santo Antônio. Qualquer hora, estes contos viram filmes...

O português que nos pariu

O português que nos pariu
Editora Record. O jornal O Globo, Rio de Janeiro, considerou o meu "português..." um dos dez melhores livros do ano 2000. O livro é mesmo ótimo. Também existe a edição portuguesa, da Civilização, cidade do Porto. Em novembro de 2009, a Editora Record lançou uma edição revista, ampliada e com uma capa linda.

Livro do apocalipse segundo uma testemunha

Livro do apocalipse segundo uma testemunha
Editora Objetiva. AMO o meu apocalipse. Dei boas gargalhadas enquanto o escrevia. O livro é meio surreal, mas qual apocalipse não é?

O avesso do retrato

O avesso do retrato
Editora Record. Muita gente me telefonou de madrugada, após terminar a leitura, para comentar o fim inesperado deste romance. É surpreendente mesmo. Nem eu mesma sei como consigo escrever estas coisas.

Santa Sofia

Santa Sofia
A Editora Record vai reedita-lo. "Santa Sofia" é muito lindo. Adoro a Sofia. Fazendeira rica, feia, má, generosa, humana. Uma das minhas melhores personagens

Mil anos menos cinqüenta

Mil anos menos cinqüenta
Prova de capa da edição espanhola (Ediciones Siruela) de meu primeiro livro. "Mil anos..." foi lançado no Brasil em 1995, pela Editora Imago. Que pena, está esgotado...